Memorial da Passagem da Tocha Olímpica

Memorial da Passagem da Tocha Olímpica

Localizados no Ginásio de Esportes Sylvio Magalhães Padilha o memorial mostra em fotos a passagem da tocha pela Estância Turística de Paraguaçu Paulista tendo como destino as olimpídas do Rio de Janeiro em 2016. Também encontra-se para contemplação uma das tochas usadas no percurso.

A História da Tocha Olímpica (CRÉDITO:  FERNANDO SOUTELLO/RIO2016)

Símbolo dos Jogos Olímpicos, a tradição da Chama Olímpica vem da Antiguidade. O fogo era considerado um elemento sagrado e, por isso, gregos mantinham chamas acesas em templos. Em homenagem aos deuses, eram feitas corridas com fogo, e o vencedor ganhava o direito de acender o fogo nos altares.

Os primeiros Jogos Olímpicos foram organizados pelos gregos em 776 A.C., e as edições aconteciam a cada quatro anos, em Olímpia. Para avisar que o período da competição estava se aproximando, mensageiros viajavam pelas cidades anunciando a data. O acontecimento dava início a um tempo de paz entre os povos. Em uma época na qual as guerras eram frequentes, os conflitos ficavam suspensos até o fim dos Jogos Olímpicos. Era a garantia de que os atletas e as pessoas poderiam circular em segurança para assistir e participar. Os gregos pararam de organizar o evento por cerca de mil anos, retornando em 1896, em Atenas.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossos recepcionistas estão aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!